domingo, maio 17, 2015

70 Anos do Dia da Vitória

Neste mês de maio de 2015 os países aliados celebram os 70 anos do final vitorioso da II Guerra Mundial na Europa, com a rendição incondicional dos alemães em Berlim.

O fim dos combates comemorado na Europa não significou o fim da Guerra Mundial. O império japonês, que recusava a se render, só capitulou três meses mais tarde, depois que os Estados Unidos lançaram uma bomba atômica sobre Hiroshima e outra sobre Nagasaki.

A guerra opôs os países aliados e as potências do Eixo e até hoje é o conflito que causou mais vítimas em toda a história: mais de 70 milhões de pessoas morreram nos quase 6 anos de batalhas.

Ao lado dos aliados, o Brasil passou a integrar o conflito em 1942. Cerca de 25 mil soldados da Força Expedicionária Brasileira além de homens da Força Aérea lutaram na Itália.

Este tema remete a uma matéria do Blog Ponto de Vista que merece ser revisitada. Publicada originalmente em 10 de maio de 2008, a postagem “Força Expedicionária Brasileira – FEB” lembrou dos Ex-Combatentes da 2ª Guerra Mundial residentes em Araguari. É só clicar no link abaixo: 






Dados: http://www.terra.com.br/noticias/70-anos-segunda-guerra/segunda-guerra.htm

sexta-feira, dezembro 28, 2012

70 anos



28 de Dezembro de 2012, hoje Antônio Fernando Peron Erbetta, o Peron, estaria completando 70 anos.

Foram 66 anos em que conviveu com seus familiares e amigos, participando da comunidade araguarina retratada em suas matérias.

Nesta oportunidade faremos menção a uma delas, "Que Tristeza" (clique aqui para ler) ,  onde no ano de 2008 Peron propunha o aproveitamento do prédio situado à rua Dr. Afrânio, n° 178, onde funcionou a extinta Cia. Prada de Eletricidade até 1973, quando a mesma foi encampada pela Eletrobrás que a passou para a CEMIG, funcionando a mesma no local até 1996.

Felizmente, neste ano de 2012, o prédio foi restaurado através da Prefeitura Municipal de Araguari e está sendo utilizado pela Fundação Araguarina de Educação e Cultura (FAEC) como a nova sede do Museu Histórico “Dr. Calil Porto”, enriquecendo o patrimônio histórico e cultural da cidade e região como pode ser visto na reportagem da Gazeta do Triangulo - 27/09/12.

"Que Alegria", certamente essa conquista da cidade estaria sendo comemorada pelo Peron, o que nos traz as alegres lembranças do seu convívio entre nós. Por isso não poderíamos deixar de destacar esta data, quando com gratidão celebramos os 70 anos de nascimento do Peron Erbetta.

Um Araguarino de Coração

 
 

domingo, julho 17, 2011

SAUDADES

Neste 18 de julho de 2011 nós da família de Antônio Fernando Peron Erbetta lembramos com saudades os dois anos de sua partida.


Graças ao convite da pesquisadora, especialista em marketing e comunicação Teresa Cristina do Blog da Teresa Cristina Montes Cunha, podemos compartilhar boas lembranças de fatos e acontecimentos vividos junto a ele, que podem ser vitos na bela postagem que a Teresa fez em seu blog:




Agradecemos esta oportunidade orgulhos pela pessoa que foi Antonio Fernando Peron Erbetta.


Esposa, filhos, noras e netos

domingo, maio 08, 2011

PEDRO CHEGOU!

Vamos utilizar este espaço onde Peron Erbetta colocava seus "Pontos de Vista" para fazer uma coisa que certamente ele faria, compartilhar com todos a boa nova da chegada de mais um neto.


Nasceu em 15 de abril passado em Goiânia Pedro Souza Erbetta, filho de Fernando Rezende Erbetta e Kelly de Oliveira Souza.



As famílias de Peron e Terezinha, Juraci e Elizabeth estão orgulhosas com a chegada do Pedro que traz alegria a todos.


segunda-feira, julho 12, 2010

LEMBRANÇAS

Queremos lembrar Antonio Fernando Peron Erbetta.

Foi um exemplo de pessoa laboriosa, digna e honesta. Homem ligado à cultura e a história de sua terra, Araguari.

Temos sempre nítidos em nossa memória os ensinamentos e conceitos adquiridos e construídos ao longo de nossa vida ao seu lado.

Companheiro fiel, pai exemplar, avô carinhoso, uma pessoa de hábitos simples pautados pela austeridade no desempenho de suas funções como advogado, pedagogo, empresário e administrador.

Agradecemos por tudo que ele nos proveu.

Como jornalista criou um acervo de matérias relacionadas a pessoas e fatos do cotidiano de sua cidade, Araguari. Sempre iniciou suas matérias com “Caros Leitores”, forma respeitosa com que ele se dirigia ao seu público.

Teve concretizado o projeto de publicar seu livro, TEMPOS IDOS TEMPOS VIVIDOS, onde estão artigos que ele escreveu para imprensa araguarina em sua coluna Ponto de Vista e também nas páginas deste Blog.
e
Saudades!!!
Esposa, filhos, noras e neta